?

Log in

 
 
18 March 2009 @ 03:42 pm
Sorry, this entry is in Portuguese  
Adlai Lacey
Mago/Vilão da Trama

Filho dos magos Arthur e Marie Lacey, nascido em uma pequena vila no império de Arcycum. Quando tinha oito anos, Arthur e Marie o deixaram com a família de Zebulom sem dar explicações e sumiram.

. Com nove anos, Adlai descobriu que seus pais vinham sido perseguidos por serem magos e o deixaram com os pais de Zebulom para que ficasse seguro. Também descobriu que eles acabaram sendo assassinados.


Adlai gostava de Zebulom como um irmão, e ficou com raiva quando o pai de Zebulom morreu, com o quanto a mãe de Zebulom tinha de trabalhar para sustentar a família. Ficou revoltado com a forma que magos eram tratados.

Cresceu e tornou-se um mago poderoso e carismático. Decidiu construir um lugar em que magos pudessem viver em paz.

Com quinze anos se alistou no exército para poder alimentar sua família. Embora fosse um bom lutador,, não se empenhava em lutar por pessoas que o desprezavam. Ao saber de um homem que havia começado como soldado, se tornado general e alcançado a confiança do imperador, Adlai tramou se esforçar como soldado, ir ganhando poder e tomar o trono para si. Colocou seu plano em marcha, aos poucos começou a subir de posição, conquistar aliados e a confiança de imperador. Então, Adlai tomou o reino para si.

Houve um confronto entre os que queriam que Adlai subisse ao trono e os que não, e os aliados de Adlai venceram.

Mas aos trinta e dois anos, foi derrotado.

Adlai está disposto a fazer de tudo para alcançar seu objetivo, até ferir e usar os que mais ama. É inteligente, carismático, obcecado, persistente e ambicioso.

Embora não pareça, não demonstre e as vezes passe a impressão de estar usando seus aliados, Adlai é muito apegado a ele. Por causa do seu passado, Adlai também tem um grande complexo de abandono. As vezes abandona as pessoas fisica e/ou emocionalmente para não ser abandonado.

Isaiah de Troph
27 anos
Ex-sacerdote, ex-chefe de vila, artista marcial amador.

Nascido na pequena vila Amatis, no reino de Asanton. Isaiah é um artista marcial amador, ex-sacerdote e ex-chefe de vila de personalidade um tanto quanto rebelde. Filho de Jacob e Irene de Troph. Jacob era chefe da vila Amitus, cargo que seria herdado pelo irmão mais velho de Isaiah, Jonas. Irene era filha de um artista marcial, e ensinou um pouco de artes marciais para Isaiah. Isaiah considera artes marciais apenas um passatempo. Quando Isaiah tinha onze anos, Irene morreu, supostamente em um acidente.

Com dezesseis anos Isaiah decidiu tornar-se sacerdote e foi para a cidade de Prandina. Quando tinha dezoito anos, Isaiah foi proibido pelo sumo-sacerdote de curar um homem considerado herege. O sumo-sacerdote explicou que as regras de sua religião proibiam sacerdotes de curarem hereges. O tal herege acabou morrendo e deixando uma filha pequena. Isaiah perguntou-se se os deuses permitiriam que um homem morresse e uma menina ficasse sem pai. Semanas depois, ficou sabendo que alguns sacerdotes usavam o dinheiro que o povo lhes dava para que fizessem caridade em benefício próprio. Por causa desses dois incidentes, Isaiah passou a acreditar que boa parte das religiões eram corruptas e acabou voltando para sua vila natal.

Um ano depois, Jonas morreu. Jacob disse a Isaiah que também foi em um acidente. Mais tarde no jogo, Isaiah descobrirá que Irene foi assassinada ao entrar em atrito com um bandido e Jacob morreu tentando vinga-la.

Como Algernon comentou uma vez com Isaiah, não é como se o cara não fosse ir expulso de qualquer jeito, não depois de pagar alquimistas, também considerados hereges pela igreja para fazer uma poção que curasse a cegueira de Algernon. Com a morte de Jonas, Isaiah tornou-se o herdeiro do posto de chefe da vila Amitus. Isaiah tem alguns problemas com autoridades e detesta sua função de chefe de vila, mas sabe que precisa ser o chefe da vila Amitus, querendo ou não pois foi o único treinado para isso.

Durante o jogo, é expulso da vila pelos moradores quando é descoberto que sabia que Willa e seus pais eram magos.

É bondoso e gosta de ajudar as pessoas. As vezes não caucula o resultado de suas ações. Viaja com o grupo para ajudar Algernon e Luna, porque quer salvar o mundo e porque não tem para onde ir.  Apenas jogável se Lily for a escolhida.


Algernon de Grenefeld
29 anos
Paladino
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/cutin_actor32_s_mini.jpg

Nascido em Prandina, capital do Reino de Eulorea. Filho de Adalbert a Sincerity de Grenefeld, irmão mais velho de Amity de Grenefeld.

Adalbert era um homem muito religioso e de uma família influente, Sincerity era uma mulher também muito religiosa e com uma linda voz, de uma família cheia de bardos e clerigos. Desde jovem, Algernon estudou nas melhores escolas, sendo sempre o melhor aluno. Com treze anos, sentiu o chamado para ser paladino e sentiu-se honrado, acreditando essa ser uma responsabilidade muito importante.

Quando Algernon tinha dezoito anos, Amity nasceu. Sincerity ficou muito fraca e doente depois de ter dado a luz a filha temporona e acabou morrendo um ano depois. Algernon sempre quis ter um irmão ou irmã e sabe que Amity não é culpada pela doença e morte de Sincerity. Algernon gosta muito de Amity e é muito orgulhoso da religiosidade e da linda voz da irmãzinha, embora a sapequice de Amity as vezes deixe Algernon um tanto quanto desnorteado.

Aos dezenove anos, Algernon ficou cego e machucou seriamente as pernas salvando o rei de um demonio. Para a sua tristeza, teve de se afastar de suas funções como paladino. Aos vinte recobrou a visão graças graças a Isaiah, que conseguiu que alquimistas vendessem a ele uma poção que curasse sua cegueira. Infelizmente nunca foram encontrados meios de as pernas de Algernon voltarem ao que eram antes e ele vem mancado desde então.

Com seu ato de coragem e sua inteligencia e nobreza de ideais, Algernon conquistou a confiança do bondoso rei e aos vinte e três anos, tornou-se o conselheiro real. Meses depois de ser nomeado conselheiro real, Adalbert morreu em um acidente de barco.

Algernon é inteligente, calmo, responsável, muito religioso, tem um grande senso de honra e dever e respeita muito autoridades. Entre as muitas aulas que teve, estavam aulas de canto. Algernon tem uma bela voz, que não é treinada. Devido a morte de Adalbert, tanto Amity quanto Algernon não gostam muito de barcos.

Quando a trama começa, Algernon é acusado de trair o rei e exilado. Acaba encontrando Lily, Luna, Lorena e seu velho amigo Isaiah. Apenas jogável se Lily for a escolhida. 


Amity de Grenefeld
15 anos
Aprendiz de cleriga/barda

Nascida na cidade de Prandina no reino de Eulorea. Filha de Adalbert e Sincerity de Grenefeld. Adalbert era um homem muito religioso e de uma família influente, Sincerity era uma mulher também muito religiosa e com uma linda voz, de uma família cheia de bardos e clerigos. Sincerity ficou muito doente depois que Amity nasceu, e um ano depois veio a falecer. Albert morreu em um naufrágio quando Amity tinha quatro anos. Devido a isso, ela e Algernon não gostam muito de barcos.

Amity vem sido criada pelo irmão desde então. Sempre foi bastante paparicada por ele, e criada com tudo do bom e do melhor. Devido a isso, ela é bastante mimada. Mesmo assim, ela tem um bom coração,  sempre tentando fazer o que acredita ser certo. Bastante teimosa e as vezes mandona. Devido ao seu enorme orgulho, as vezes tem dificuldade em expressar seus sentimentos.

Com onze anos foi mandada para um colégio religioso com os melhores clerigos e catedráticos. Muito religiosa desde pequena, pouco depois de chegar lá decidiu treinar para se tornar curandeira,o que deixou Algernon muito orgulhoso.

Acaba numa jornada para  provar inocencia de Algernon, acusado de alta traição. Frequentemente dá ataques quando forçada a acampar, ou passar a noite em estalagens baratas.
 
É uma das personagens que o espirito de Luna pode escolher para possuir.

Luna Mareys
16 anos
Espadachim

No começo da trama, sofre um acidente na qual deveria ter morrido, mas a morte havia sido sequestrada naquele exato momento e a vida de Luna não foi ceifada da forma correta, dando a Luna acesso livre ao mundo dos mortos e ao dos vivos. Por causa disso, Luna é a esperança para que a morte seja resgatada.
 
Mas como fica bem complicado para um espirito fazer algo no mundo dos vivos, Luna é forçada a possuir alguém para ajuda-la a fazer sua missão no mundo dos vivos. As opções são Lily, Amity ou Arabella.

Nascida na pequena vila Amatis, no reino de Asanton. Filha de Robert e Emma Mareys. Luna é a irmã caçula de Lorena e Lisette, famosas no reino de Asanton, onde Luna vive Lorena é uma famosa guerreira e trabalha no castelo de Prandina, capital de Asanton e Lisette foi uma grande barda que morreu dando a luz. Vive na vila Amitus com a avó, Rosemary e o sobrinho Luke.

Robert e Emma são mercadores e estão quase sempre viajando. Eles nunca levaram suas filhas consigo por acreditarem que é perigoso, por mais que Luna saiba lutar. Robert e Emma frequentemente entram em atrito com Rosemary, que não vê problemas em deixar a neta comprar armas ou sair se aventurando por aí. Luna sente muita falta de Lorena, Lisette e dos pais e frequentemente manda cartas para Robert, Emma e Lorena e bota flores no túmulo de Lisette.

Quando Luna tinha doze anos, Lorena sofreu um acidente e ficou paraplégica e com os braços debilitados. Com Raff e Emma viajando e Rosemary tendo de trabalhar e cuidar de Luke, coube a Luna cuidar de Lorena, com eventuais magias de cura de Isaiah. Cerca de um ano depois do acidente, Lorena voltou a andar. Enquanto estava sendo cuidada por Luna, Lorena contou a Luna muitas histórias sobre suas muitas aventuras e desventuras. Os relatos de Lorena fizeram Luna ter vontade de ser guerreira também. Assim que melhorou, Lorena ensinou esgrima a irmã caçula.

Luna aparenta ser alegre, confiante e otimista mas isso é apenas uma máscara que usa para esconder sua insegurança e seu pessimismo e fazer as pessoas gostarem dela, embora seja relativamente fácil enxergar por trás dessa máscara. Luna vive a sombra de suas irmãs e sente um pouco de inveja delas, embora isso a faça se sentir muito culpada.

Luna é sentimental, emotiva e nostalgica, embora não goste muito disso. Gosta muito de pássaros, embora tenha pena de ve-los em gaiolas. Também gostar de ler, principalmente a respeito de astronomia, flores e de aeronaves. Mas Luna frequentemente esconde que gosta de ler, com medo de ser debochada por seus colegas que não acham que ler seja algo que pessoas "cool" fazem.

Frequentemente acha graça em certas coisas e faz piadas a respeito, para ser a única que achou graça. Isso faz Luna ficar muito envergonhada.

Quando tinha sete anos foi levada por Lisette para passear de dirigivel e desde então, é fascinada por veículos voadores. Por meio de livros, aprendeu mais ou menos como funcionam e como pilota-los e no mundo dos mortos chega é a piloto do balão que o grupo acaba adquirindo.


Lorena Mareys
25 anos
Espadachim

http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor29.html
Uma das irmãs mais velhas de Luna. Assim como Luna, parece mais nova do que é, mas ao contrário dela não tem problemas com isso, muito pelo contrário, frequentemente diminuindo sua idade (atualmente, está em 20).

Nascida na pequena vila Amatis, no reino de Asanton. Filha do meio de Robert e Emma Mareys. Desde que as três irmãs Mareys se conhecem por gente, Robert e Emma vivem viajando á trabalho e elas ficavam com a avó, Rosemary.

Quando Rosemary precisava se ausentar, deixava ela com seus vizinhos, John e Gresilda Appleby, um casal de meia-idade com um filho catedrático. Gresilda era uma ex-mercenária que se aposentou para casar e ter filhos, trocando uma metrópole por Amatis anos antes de Lorena nascer. Foi meio das histórias de Gresilda sobre seus tempos de mercenária que Lorena se interessou pela espada. Com dez anos, conseguiu convencer Gresilda a ensina-la lutar e seus pais á deixarem que Gresilda a ensinasse.

Os pais de Lorena ficaram muito preocupados com a filha aprendendo esgrima Gresilda viu o seu potencial. Infelizmente, quando Lorena tinha treze anos Gresilda percebeu estar muito fraca para continuar treinando-a.

Então, Lorena e Lisette, que já tinha muito talento musical e sabia que seria melhor aprender a tocar instrumentos em uma escola uniram forças e convençaram os pais a manda-las para estudar em um colégio interno em Minoreos, capital de Asanton, justificando que os melhores catedráticos estudavam lá. Lá Lorena aprendeu a lutar com espadas e Lisette aperfeiçoou seus talentos musicais. .

Com dezessete anos, Lorena se formou no colégio e devido ao seu talento, já foi convidada para trabalhar lá, e com dezenove, foi promovida a guarda real.Dois anos depois, perdeu o movimento das pernas em um acidente de carruagem. Decidiu voltar para a vila Daisy e considerava sua carreira como encerrada. Em Amatis foi cuidada por Luna e Isaiah e curou-se um ano depois. Nesse meio tempo, contou para Luna histórias de suas aventuras.

Isso deu a Luna vontade de ser como Lorena. Assim que Lorena melhorou, a ensinou esgrima e constatou que Luna era uma espadachim nata. Lorena planeja enviar Luna para o mesmo colégio interno que ela estudou quando jovem, mas anda ocupada demais para matricula-la e depois de serem enganados por Lisette é Lorena, é questionável Robert e Emma deixarem.

Lorena é uma pessoa inteligente, corajosa e embora não pareça, possui um grande instinto maternal. Por mais masculina que pareça, adora ler romances e costurar. Lorena esconde estes aspectos e se questiona se uma guerreira deva ser tão feminina. Há quem diga que tenha uma certa queda por Isaiah, embora Lorena seja uma tapada em assuntos sentimentais e aprendeu praticamente tudo o que sabe sobre relacionamentos nos romances que tanto gosta de ler.  É jogavel, independentemente de quem for a personagem escolhida.

Thomas Verney
17 anos
Ladrão
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor9_cutin.html

Nascido em Canzorind, capital de Bellesina. Filho de Adam e Mary Verney. Adam, Mary e a irmã mais nova de Thomas, Fidelma morreram em um incendio. Logo apos o incendio, foi mandado para um orfanato mas acabou fugindo de lá devido a maus tratos e ido viver na rua, onde conheceu Raff e Ari, que juntos formaram uma gangue de ladrões. Embora não pareça, Thomas tem saúde frágil. Ao menos é o que Ari e Raff acham.

A tres anos, Thomas, Raff e Ari assaltaram um homem que parecia inofensivo, e acabaram descobrindo que ele era um nobre. Com medo de retaliação, acabaram fugindo e eventualmente se perdendo uns dos outros.

Ari foi encontrado por Algernon nas ruas de Prandina, no reino de Asanton. Thomas foi para o reino de Sazasina, mas enquanto Thomas foi para a metrópole de Butterwell, no norte do reino de Sazasina, Raff foi para a pequena vila de Roseedge.

Thomas é o único dos tres que persiste na vida do crime, embora a contra-gosto. Embora Thomas afirme que tenha aprendido que o crime não compensa, ele também afirma não ter encontrado outra forma de se alimentar. Thomas tem seu código de honra, não roubando de mulheres ou pessoas de classes mais baixas. Desde que nasceu, Thomas usa um estranho medalhão por baixo da camisa. Ele tentou vender o tal medalhão, mas nunca conseguiu por ficar sempre muito fraco cada vez que tirava-o.

Thomas descobre o motivo disso: é um mago e o cristal suga seus poderes. Sem esse cristal, os poderes de Thomas acabariam matando-o, a menos que usasse seus poderes, o que não era interessante em um mundo com tanta perseguição a magos, como Aurora.

Thomas também descobre que usar artifícios como o tal cristal abrevia bastante a vida do usuário por sugar mais magia do que deveria, o que explica sua suposta saúde fraca. Thomas na realidade tem uma saúde forte o bastante para ter sobrevivido dezessete anos usando o tal cristal (a maioria dos usuários acaba falecendo depois de dez anos).

Acaba se juntando ao grupo para ajudar Luna, que com base no que escutou de um mago e dos magos de seu grupo, ajudou-o a descobrir a respeito de seu medalhão e de si mesmo. Também tem alguma esperança de encontrar Breck e Raff durante sua jornada.

É calado, calmo e não demonstra seus sentimentos, embora os tenha. Tenta ao máximo proteger as pessoas que gosta, chegando a ser possessivo, reclamação constante de Breck e Raff.

É recrutável independentemente de quem for a escolhida. 

Princesa Amaryllis "Lily" Magdalena Jacquetta de Senrind
16 anos
Maga
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor34.html
ou
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor46.html

Filha da Rainha Anne e do rei Reginald do reino de Senrind. Vive na cidade de Fallcrest, capital de Senrind. Amarillys e sua mãe são magas. Apenas Reginald sabe dos poderes de Amaryllis e Anne.


O rei instruiu a mulher e a filha a esconderem seus poderes, pois ele tinha medo que ocorresse uma revolta do povo, que ficaria indignado se ficassem sabendo que Anne e Amaryllis eram magas. Ao ficar sabendo do uso de cristais como o de Thomas, Reginald sugeriu que elas se utilizassem dessa estratégia, mas ficou horrorizado quando foi informado de seus efeitos colaterais.

Amaryllis é filha única e embora tenha recebido muitos presentes de seus pais, também foi educada com bastante severidade, por ser a mais velha, o que significa que mesmo que ganhasse um irmãozinho ou irmãzinha, continuaria sendo a terceira na linha de sucessão ao trono.

Amarillys é muito leal a seus amigos, e embora não pareça, é responsável e sabe a responsabilidade que é comandar um reino e que o dever de um governante é de fazer seus súditos felizes. Mas as vezes deseja que os magos fossem tratados de forma melhor e ela não precisasse esconder ser maga. Amarillys sabe ser séria e focada quando precisa.

Normalmente é educada, embora assim como Ari, seja assustadora quando irritada e possa ser bastante teimosa. É calma quandas as coisas vão bem, mas quando não vão... Amaryllis tem um senso de honra bastante forte, e costuma ser bastante sincera no que diz respeito aos seus sentimentos.

Entre os hobbies de Amaryllis se encontram caligrafia, cantar, tocar arpa (embora seja terrível como cantora e harpista), ler romances e estudar sobre o passado do continente onde a história se passa. Embora Amaryllis goste de vestidos e de música, detesta bailes por ser uma terrível dançarina.

Acostumada ao luxo, as vezes reclama das hospedagens e dos lugares em que tem de dormir, embora acabe sempre cedendo no final. Isso não se aplica a comida: Amarillys é capaz de comer qualquer coisa comestível e achar que está bom.

Assim como Thomas, Amarillys gosta de animais pequenos. Nutre uma certa empatia por Thomas, embora desaprove como ele ganha a vida. Está numa para ajudar seu reino e devolver um favor a sua nova amiga Luna.

É uma das personagens que o espirito de Luna pode escolher para possuir.

Ari Curteys
17 anos
Espadachim
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor63.html

Nascido em Canzorind, capital de Bellesina. Filho de John e Rose Curteys. Quando Ari tinha oito anos, John e Rose acabaram falecendo devido a uma terrível doença. Ari quase morreu devido a doença.. Também por causa dela, acabou perdendo o paladar e o olfato, embora ninguém tenha descoberto exatamente o motivo disso até agora. Desde então passou a viver nas ruas, onde conheceu Thomas e Raff e formaram uma pequena gangue de ladrões.

A tres anos, Thomas, Raff e Ari assaltaram um homem que parecia inofensivo, e acabaram descobrindo que ele era um nobre. Com medo de retaliação, acabaram fugindo e eventualmente se perdendo uns dos outros.

Então foi encontrado por Algernon, que Ari levou até o palácio e deu um jeitinho para que o orfão fosse treinado como guarda real. Algernon afirmou que foi porque ele entendia o que era ser orfão.

É muito grato a Algernon, e deseja que um dia ele encontre Raff e Thomas e também os leve para o castelo.

Espadachim bastante talentoso. É corajoso, leal, determinado e tem um lado romântico. Apesar de não ser tímido, é bastante reservado no que diz respeito a seus sentimentos. É muito assustador quando irritado. Começa a jornada para ajudar Algernon, e proteger Amity.


Durante a jornada, Breck desenvolve uma certa queda por Luna, faz alguns desenhos dela .

É apenas jogável de Amity for a escolhida.

Arabella "Bella" Jendryng
16 anos
Atiradora

Nascida na cidade de Actarul, uma desolada cidade no reino de Afrava. Arabella é filha de Agnes Jendrynge e Oliver Ryall e enteada de Peter Jendryng.

Oliver era um delegado, que morreu tentando resgatar alguns refens de um bandido. Oliver era orgulhoso encrenqueiro, as vezes não tinha idéias muito inteligentes, mas tinha um grande senso de justiça e queria proteger sua família. Ensinou a filha a atirar quando ela foi atacada por monstros,  que vez ou outra surgem em Arctarul. Agnes não gostou muito da idéia, e até hoje afirma que Oliver apenas deveria ter ensinado a filha a evitar os monstros.

Até a morte de Oliver, Arabella e a mãe levavam uma vida confortável, uma vez que Oliver ganhava razoavelmente bem e havia herdado algum dinheiro de seu pai. Agnes não trabalhava, e tinha que usar o dinheiro deixado por Oliver para se sustentar. Quando Arabella tinha doze anos, Agnes conheceu Peter, um vendedor de armas da Vila Amatis que estava em Actarul para comprar armas de fogo, uma vez que as armas de fogo  de lá era famosas em todo o continente por sua qualidade.

Agnes e Peter se interessaram um pelo outro, e trocaram cartas quando Peter voltou para Amatis. Se apaixonaram perdidamente e se casaram, Agnes acabou mudando-se para a vila Amatis com Arabella, que tinha quatorze anos na época. Arabella e Agnes vivem melhor do que viviam antes de Agnes se casar com Peter, mas não também quanto antes do falecimento de Oliver. Bella se dá bem com o padrasto, que a enxerga como uma filha e é umtanto superprotetor em relação a ela..

Arabella, como Luna, é nostalgica e sente um pouco de vergonha disso. Bastante leal, é capaz de fazer tudo por um amigo, embora ao contrário de Amaryllis, nunca vá admitir. Bastante estourada e impulsiva, Arabella as vezes age sem pensar. Bastante orgulhosa, esconde seus sentimentos e não admite gostar de Luna, embora a considere uma grande amiga.

Como Luna é a única menina da vila Amatis capaz de lutar, Arabella a considera uma rival. Começa a sua jornada para ajudar Luna. Entre os hobbies de Arabella se encontram cozinhar e cuidar de animais

Uma das três personagens que podem ser escolhidas para o espirito de Luna possuir.

Zebulom Drayton
Morreu com 24 anos, a cem anos atrás
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor21.html
ou
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor39.html
ou
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor16.html


Filho de Piers e Maria Drayton. Nascido no vilarejo de Utini, no império de Arcycum. Zebulom herdou do pai a saúde frágil e da mãe a aparência delicada. Quando tinha seis anos Piers e Maria receberam Adlai em sua casa e começaram a trata-lo como filho. Quando era provocado devido a seus poderes, Adlai sempre ia defender o irmãozinho adotivo. Zebulom admira e ama o irmão adotivo incondicionalmente.

Zebulom e Piers nem sempre conseguiam cuidados médicos quando eram vivos, o que deixava Zebulom revoltado, principalmente quando Piers morreu de tuberculose quando Zebulom tinha doze anos. Doze anos mais tarde, Zebulom morreria da mesma doença.

Zebulom foi o primeiro que se juntou a Adlai em seu plano de construir um país na qual os magos pudessem viver em paz e era considerado o braço direito dele, até sua doença começar a atrapalhar. No mundo dos mortos, Zebulom arquiteta um plano para que o grupo de Adlai tenha uma segunda chance de construir esse refúgio para os magos. Esse plano inclui tomar uma poção que o faço voltar a vida, sequestrar a morte e esconder sua foice.

Ao decorrer do jogo, Zebulom chega a conclusão que é apenas uma ferramenta para Adlai e que acabou com a ordem natural das coisas e se junta ao grupo tentando arrumar a bagunça que fez. Acontece que Zebulom encarregou outro membro do grupo de Adlai de esconder a morte e sua foice, e ele não faz idéia de onde possam estar.

Zebulom é um pouco dramático e muito sensível e apegado as pessoas que gosta, a ponto de parecer obcecado. Passa 90% do tempo reclamando. Também é um tanto quanto nerd.

Zebulom gosta de escrever e ler poemas e de estudar sobre plantas, segundo ele, era que ele sempre fazia quando estava de cama. Assim como Breck, sabe desenhar mas enquanto Breck desenha pessoas, Zebulom desenha paisagens e monstros.
 
Só é jogável caso Bella for a escolhida.


Adrien Goode
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor43.html
http://usui.moo.jp/graphics/rpg_sozai/actor/Actor42.html
Adrien Goode:
Idade: 26 anos

Filho de Anne e Gilbert Goode, irmão gemeo de Lucien Goode. Nascido na conservadora e antiga (até cem anos atrás já era assim) cidade de Itiveos, no reino de Bellesina. Anne e Gilbert eram nobres e morreram durante uma epidemia de febre que teve em Itiveos quando os gemeos tinham sete anos.

Desde então, foram criados pelo irmão de Gilbert, Albert Goode. Anne era uma maga e Gilbert teve bastante trabalho em convencer a permitir o casamento dos dois. A condição imposta pela família de Gilbert era que Anne e seus futuros filhos, que também seriam magos ficassem quietos a respeito de seus poderes (não podiam simplesmente parar de usa-los, ou morreriam), para não acabarem com a honra da família.

Lucien e Adrien desde jovens tiveram aulas de muitas disciplinas, e secretamente, magia. Albert era severo e se preocupava mais com o nome da família que com o seu próprio bem estar, ou o dos sobrinhos. Se eles morressem sem motivo aparente, alguém poderia desconfiar. Cristais como o de Thomas não eram uma opção, pois quando eles morressem ficaria aparente a causa da morte.

E assim os gemeos viveram, até os quatorze anos. Foi quando Lucien acidentalmente se viu forçado a usar seus poderes para se defender de monstros. Gilbert o matou por ter quebrado o acordo. Adrien fugiu, percebendo que Albert o mataria também, afinal gemeos tinham uma vida compartilhada e todos saberiam que se um tinha poderes, o outro também.

Adrien então fugiu para outro reino, passou a viver como nomade e usar o nome falso de Andrei. Foi encontrado por Zebulom na época que Adlai estava formando o seu grupinho. Adrien se interessou pelos ideais de Adlai e foi recebido por ele em seu grupo de braços abertos.

Até a morte do irmão, Adrien era bem humorado, alegre e o típico palhacinho da turma embora também fosse bastante sensível e emotivo e as vezes se sentisse um pouco deprimido. Raramente escondia seus sentimentos. Com a morte do irmão, Adrien ficou muito deprimido, com muito ódio de Albert, muito desnorteado e com muito ódio da forma que os magos eram tratados.

Com a morte de Lucien a personalidade de Adrien mudou, e ele começou a agir de forma explosiva e esconder seus sentimentos, sempre aparentando estar feliz. Isso porque dias antes de morrer, Lucien disse que não queria que o irmão ficasse triste caso um dia eles tivessem de se separar. Então ele fingia para si mesmo estar sempre feliz, para não desapontar o irmão.  Um ano depois de se juntar ao grupo de Adlai, Adrien descobriu que Albert foi assassinados por pessoas que acreditavam que ele era um mago 

O grupo de Adlai cresceu e Adlai começou a demonstrar que faria de tudo para alcançar seus objetivos e Adrien começou a perceber que talvez tivesse cometido um erro grande ao não tentar controlar Adlai. Adrien, ou melhor, Andrei morreu aos vinte e seis anos, com a derrota do grupo de Adlai.

Inicialmente ficou com raiva pois os objetivos de Adlai eram nobres, mas ao descobrir que uma jovem que havia matado tinha uma irmã gemea, Adrien finalmente percebeu que Adlai havia ido longe demais. Adrien parou de mentir para si mesmo e parou de sentir ódio, chegando a conclusão que havia se tornado igual a Albert: passando por cima dos outros para conseguir o que desejava.

Adrien desenvolveu uma segunda personalidade, que admite seus seus sentimentos de tristeza e culpa. Essa personalidade é bondosa, calma, introvertida e busca a redenção. Essa segunda personalidade voltou a usar o nome de Adrien.

As duas personalidades são entidades diferentes no mundo dos mortos, embora se fundam vez ou outra. Tanto Adrien quanto Andrei adoram animais, ficar a beira d'agua, astronomia e fazer trocadilhos.